Pages


Try Relay: the free SMS and picture text app for iPhone.
Saia da sala de bate-papo quando for sair do site aperte na porta

sábado, 22 de setembro de 2012

Tragédia em RIO BRANCO DO IVAÍ- “Acidente impressionante”


Caminhão do Guincho União de Arapongas que estava rebocando uma carreta perdeu o controle e caiu dentro do Rio das Antas deixando um morto e outro gravemente ferido
Scania que era rebocada ficou destruída
Cabine do caminhão Guincho caiu dentro do Rio das Antas
Os veículos deixaram a pista e foram se despedaçando por cerca de 200m
 Por volta das 22 horas de 20 de setembro de 2012, a Rodovia: PR 535 em Rio Branco do Ivaí – PR, foi palco de um acidente gravíssimo. Segundo a Polícia Rodoviária do Porto Ubá, que foi para o local, o acidente evolveu um Caminhão modelo VW 12/170 BT com Placas: BUP-5805 de Arapongas, que pertence ao Guicho Auto União Peças e Serviços Ltda, e que era conduzido por Cícero Camata, de 62 anos. Ele foi para a região de Rio Brando Ivaí, para guinchar uma carreta Volvo NL 10 340 com Placas: BKI-5127 de Arapongas, que havia apresentado um problema mecânico. Exatamente o que ocorreu, ainda não se sabe, mas ao que tudo indica, ao descer a conhecida “Serra do Chicote” que é um declive muito forte, o guincho que arrastava a Scania embalou e saiu da pista ao chegar no final da Serra, que termina com a Ponte do Rio das Antas. Os caminhões ficaram destruídos, inclusive a Cabine do Guincho caiu dentro do rio matando o motorista Cícero Camata, de 62 anos, no local. Ficou gravemente ferido o senhor João José de Oliveira Filho, que era passageiro e dono do caminhão que era guinchado. Ainda não se sabe se ele estava no caminhão que arrastava, ou dentro da cabine do caminhão que era guinchado. A Polícia Rodoviária tomou todas as providências e uma investigação vai apurar os fatos. A vítima grave está no Hospital da Providência; já o fatal foi resgatado de dentro do Rio, e entregue ao IML antes de ser liberado para a família. Era madrugada e a Polícia ainda atendia a ocorrência.

0 comentários:

Postar um comentário